Translate

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

A igreja dos escravos

No interior do Maranhão, um neto de escravos apresenta aos turistas a igreja construída pelos negros para rezarem suas missas no tempo da escravidão. A travessia no mar revolto que separa Alcântara de São Luís, no entanto, é feita em barcos precários, o que torna o programa um desafio.



Leia:
Por dentro do Maranhão

Um comentário:

  1. Na rua Uruguaiana (Centro do Rio) tem a Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos, lá também tem o museu do Negro.
    Sempre que passo pela região, dou um pulo lá para contemplar aquela Igreja que tem mais de 300 anos.

    ResponderExcluir