Translate

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Um dia num táxi

Há mais de 30 anos, o cearense José Luis Esteves dirige táxi no caótico trânsito carioca. Neste curta-metragem de 17 minutos, ele conta suas aventuras e mostra como os motoristas se viram para sobreviver.

14 comentários:

  1. A maquina de escrever acabou porque vimos que o computador é melhor, o Uber mostrou que dá pra fazer o serviço dos táxis com mais qualidade, educação e cobrando muito menos, a população aceitou e adotou o Uber.
    Ou se adequa ou extingue !!!
    Cury

    ResponderExcluir
  2. Uma realidade.
    A vida de um brasileiro.
    O filme da Vida real.

    ResponderExcluir
  3. Marcelo, tenho de lhe dar os Parabéns, quase sempre... Reportagens Reais e vida que segue, é o que precisamos ouvir nos dias de hoje.Conte comigo sempre que precisar. Ah, sou a favor do Ubber, apesar das explicações e protestos vistos na reportagem, existem motivos para isso. Grande Abraço... Pulitzer para você... JÁ!!!

    ResponderExcluir
  4. Mais uma vez, Parabéns pela sua reportagem... nada melhor do que o dia a dia, as pessoas que fazem o país acontecer, aspectos reais das pessoas que vencem sem estar na "Lista". Ah, sou a favor do UBBER apesar de comentários e protestos vistos na reportagem, tenho motivos para isso. No mais, sou fã de seu trabalho em prol da verdade, nua e crua. PULITZER JÁ para você!!! Grande Abraço

    ResponderExcluir
  5. amei, o dia a dia de nosso povo, parabénssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  6. Existe um ser humano por trás de cada taxista. Ótima abordagem.

    ResponderExcluir
  7. O dia de um brasileiro, contado por ele mesmo sob a lente de outro que sabe tornar isso parte de nós, ditos os restantes.

    ResponderExcluir
  8. Marcelo, que trabalho mais que legal!! Ameiii​...

    ResponderExcluir